sábado, 22 de novembro de 2014

A ORIGEM DO NATAL

A ORIGEM DO NATAL

Para se falar do NATAL, é preciso voltar no tempo de NOÉ, após o dilúvio;


quando um de seus filhos, CAM, este o viu dormindo, embriagado e nú, começou a rir de seu pai, e correu a contar para seus outros dois irmãos, SEM e JAFÉ, 

estes ao contrario foram de costas e cobriram a nudez do pai, e NOÉ quando soube do acontecido, amaldiçoou seu filho CAM, para que este e seus descendentes, servissem a seus outros dois filhos. E toda a geração após CAM, se tornou maldita.

E CAM, casou-se com SEMIRAMIS (esta é a mulher da nota de 1,2,5,10,20,50 e 100 reais, a mulher da estatua da liberdade, a mulher da balança da justiça, da Columbia Pictures, etc..),

 e geraram um filho, NINRODE, este matou seu pai CAM e casou-se com sua mãe.

Foi o fundador da babilônia, ninive e outras cidades pagãs. Tentou levantar a torre de BABEL, e DEUS o impediu.

Seu tio, SEM o matou pois eles estava se opondo muito contra a DEUS. SEMIRAMIS sua mãe e esposa, espalhou a mentira que ele não morreu, e sim que foi para o céu, pois ele se dizia ser deus, o deus sol,

e SEMIRAMIS engravidou e dizia ser um presente dos deuses e era a reencarnação de NINRODE, mas na verdade era fruto de uma traição, pois seu marido e filho ja estava morto.
E nasceu TAMUZ no dia 25 de dezembro, deus sol, dos egipcios, babilonicos, gregos, persas, romanos, e hoje das S.S.(sociedades secretas)

ele morreu durante uma caça, provavelmente morto por um animal selvagem, e seu corpo ficou caido sobre um tronco apodrecido de arvore, e sua mãe dizia que neste tronco nasceu um pinheiro, e todos os anos no dia 25 de dezembro, era comum as pessoas levarem um pinheiro para dentro de casa, e o enfeitarem com ouro e prata como simbolo do renascimento de TAMUZ; as sacerdotizas, jejuaram e choraram por 40 dias e 40 noites a morte de TAMUZ ao pé do pinheiro, e no final desse periodo elas agradeciam umas as outras fazendo trocas de presente, os quais eram depositados nos pés desse pinheiro.  Todos os anos, no dia 25 de dezembro era comemorado o natal (nascimento de tamuz), 

quando os PERSAS dominaram essa região, eles levaram todas as idolatrias para a PERSIA, inclusive os deuses, TAMUZ, NINRODE E SEMIRAMIS, apenas mudaram de nome, o dominio em seguida passou para os GREGOS e estes fizeram a mesma coisa, e mudaram apenas os nomes, passou a se chamar ZEUS, AFRODITE E EROS,

em seguida os EGIPICIOS dominaram e mudaram os nomes também, agora eram chamados de OSIRIS, ISIS E HORUS,

já nos tempos de JESUS CRISTO o domínio era ROMANO, e  ROMA mudou também os nomes, agora passou a se chamar apenas VENUS E CUPIDO, caindo a figura do pai, e no século IV d.CRISTO, o imperador CONSTANTINO para agradar os CRISTÃOS que eram em grande numero em ROMA,
decidiu oficializar o CRISTIANISMO como religião oficial de ROMA, e para agradar mais ainda os CRISTÃOS, pegou os nomes mais fortes dentro do CRISTIANISMO e passou a chamar os ídolos por nomes CRISTÃOS,

e TAMUZ e SEMIRAMIS, passaram a se chamar VIRGEM MARIA e o MENINO JESUS e o natal continuou a ser comemorado como sendo o nascimento do menino JESUS, mas na verdade esse menino seria TAMUZ, o deus pagão.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cientistas tentam explicar relato do Livro de Josué sobre o Sol parando

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, publicaram os resultados de uma pesquisa inédita na revista científica Astronom...