domingo, 18 de janeiro de 2009

GUERRA PARECE ESTAR CHEGANDO AO FIM....MAS SERÁ QUE HAVERÁ PAZ EM ISRAEL?

Domingo, 18 de Janeiro de 2009

Apesar de continuar lançando mísseis pela manhã, Hamas aceita cessar fogo
Israel informou ontem, que cessaria o fogo e esperaria para ver a reação do Hamas. Caso o Hamas concordasse em parar de atacar civis israelenses, Israel aos poucos irá se retirar de Gaza. Israel ainda afirmou que mantinha o direito de revidar a ataques contra suas tropas e voltar a operar caso o Hamas continuasse lançando mísseis contra o sul de Israel.Hoje pela manhã, 13 mísseis foram lançados pelo Hamas contra cidades israelenses, apesar do cessar-fogo anunciado por Israel ontem a noite (veja post anterior).Mísseis foram disparados hoje contra as cidades de Sderot, Kiriat Gat, Ashkelon, Ashdod e alguns kibutzim. Nos ataques, uma mulher foi atingida por estilhaços de um dos mísseis e outro ataque atingiu em cheio uma criação de galinhas matando centenas delas.Confesso que eu começava a pensar que os líderes do Hamas não eram suficientemente espertos para admitir que a continuação dos lançamentos dos mísseis ia continuar trazendo ataques e mais mortes em Gaza, pois Israel iria continuar a defender seus cidadãos. Porém, a poucos minutos atrás o Hamas anunciou que concorda com o cessar-fogo e pede ao exército de Israel que saia da Faixa de Gaza em uma semana. A Jihad Islâmica também aderiu a este cessar fogo.Espero que realmente respeitem este cessar fogo e que nós possamos voltar as nossas vidas normais sem precisar nos preocupar com sirenes e mísseis caindo sobre nossas cabeças. Espero também que a população de Gaza reconheça a desgraça que o Hamas trouxe para eles e como eles os usaram como escudos. Que eles realmente sejam enfraquecidos, percam o apoio popular e que apareçam lideranças palestinas que realmente acreditem na paz e estejam dispostas a conversar com Israel ao invés de lançar ataques contra civis israelenses.

Sábado, 17 de Janeiro de 2009

Cessar fogo!
Israel acaba de declarar unilateralmente o cessar fogo em Gaza, alguns pontos sobre as declarações de Ehud Olmert que assisti ao vivo na televisão:- Israel atingiu seus objetivos definidos no início da operação- Israel não reconhece o Hamas como parte de qualquer acordo, sendo que a decisão de cessar fogo foi tomada unilateralmente, assim como foi feita a decisão do início da operação- Israel lamenta a morte de civis palestinos, os quais a grande maioria foi morta devido ao fato de o Hamas usá-los como escudos-humanos lançando ataques de áreas residenciais, mesquitas e escolas.- Israel conseguiu apoio político internacional para evitar com que armas do Irã e da Síria cheguem ao Hamas, as quais as usam para atacar civis em Israel- Israel não lutou contra a população da Faixa de Gaza, e sim contra o Hamas. O exército de Israel fez todo o esforço possível para evitar atingir civis palestinos. Israel vê os palestinos e a Faixa de Gaza como um futuro estado palestino onde poderá viver em paz, como vizinhos e trazer prosperidade a região. O Hamas é o único culpado por trazer os combates a região.- Durante toda a operação, Israel continuou provendo recursos para não haver problemas humanitários na Faixa de Gaza, enviando medicamentos e alimentos. Israel fez o máximo para avisar os civis palestinos antes dos ataques para que saíssem de suas casas para não serem atingidos, seja pelo lançamento de recados de aviões, milhões de telefonemas à residências palestinas e mensagens de texto a celulares. Nenhum exército do mundo fez tantos esforços para alertar a população civil como fez o exército israelense.- O exército de Israel, a partir das 2:00, cessará o fogo porém continuará com sua presença na Faixa de Gaza. Caso o Hamas insista em continuar lançando ataques contra civis israelenses, o exército israelense irá se defender. Esta é uma chance do Hamas, que sofreu um golpe pesado, de escolher não usar armas e ataques contra Israel.- Israel retirará seu exército quando ver que o Hamas escolheu parar com os ataques.- Caso os ataques continuem o exército de Israel poderá aumentar suas operações em Gaza para defender seus cidadãos.- Israel saiu de Gaza em 2005 em uma decisão unilateral sem nenhum interesse de voltar e não tem nenhum interesse em ficar lá.- O governo israelense está trabalhando para conseguir fazer com que o soldado sequestrado em Junho de 2006 volte para casa. Durante a operação foram feitos diversas ações no avanço desde objetivo nos quais ele não pode detalhar.Mesmo com a declaração do cessar fogo, fontes palestinas ainda dizem que continuarão lutando enquanto o exército de Israel estiver presente em Gaza.Por aqui, as aulas, que haviam sido parcialmente retomadas, foram novamente canceladas por temor do Hamas aumentar a quantidade de ataques contra nós, civis israelenses, após a decisão de Israel de cessar-fogo.Nós aqui estamos na torcida de que os líderes do Hamas sejam inteligentes de aceitar que a continuação do lançamento de mísseis contra Israel não leva a nenhum lugar e que a paz, a conversa e as negociações é o caminho correto para solucionar este conflito.


Quem é o Hamas?
É incrível, mas muitos veículos de mídia brasileiros temem dizer que o Hamas é uma organização terrorista. Ultimamente tenho lido e ouvido tantos eufemismos que simplesmente desvirtuam completamente o entendimento do conflito para espectadores que não tem maiores conhecimentos sobre o que acontece por aqui. Então antes de eu escrever um pouco sobre isso, ouçam o que os próprios dizem e tentem chegar à uma nominação à este grupo pelas suas palavras:http://br.youtube.com/watch?v=gNLBDj4baRsEste é o Hamas! Grupo que realizou e realiza atentados e ataques terroristas contra Israel. Grupo que reconhece atentados de homens-bomba que se explodiram em cidades israelenses, em ônibus. Grupo que há 8 anos lança mísseis contra civis israelenses. Grupo que afirma não aceita viver em paz com Israel e declara ter como principal objetivo destruir Israel. Grupo que incita o ódio em programas infantis em seu canal de TV. Grupo que convence seres humanos a querer tirar a própria vida e matar tantas outras pela causa palestina. Grupo que torturou seus próprios irmãos e assassinou centenas de palestinos do grupo Fatah em um golpe para impor uma ditadura em Gaza. Grupo que se esconde atrás de civis palestinos em sua luta, usando-os como escudos-humanos. Enfim, um grupo terrorista!O Pacto do Hamas, ou Movimento da Resistência Islâmica, foi emitido no dia 18 de agosto de 1988. O documento é um manifesto composto de 36 artigos separados, os quais promovem o objetivo central do Hamas de destruir o Estado de Israel, através da "Jihad" (Guerra Santa Islâmica).Alguns trechos do "Pacto do Hamas" (O "Pacto do Hamas" está disponível na íntegra em inglês clicando aqui e aqui pode ser encontrada uma tradução para o português):


A destruição de Israel:Introdução: "Israel existirá e continuará existindo até que o Islã o apague, como apagaram muitos outros antes dele. (O Mártir, Ímã Hassan al-Banna, de abençoada memória)".Artigo 6: "O Movimento de Resistência Islâmico é um movimento palestino distinto, cuja lealdade é para com Alá, e cujo estilo de vida é o Islã. O Movimento se esforça para levantar a bandeira de Alá sobre cada centímetro da Palestina..."Chamadas à Jihad ("Guerra Santa"):Artigo 13: "Não há solução para a questão palestina exceto através da Jihad".Artigo 15 " Em face da usurpação da Palestina pelos judeus, é compulsório que a bandeira da Jihad seja erguida".Rejeição das Negociações de Paz:Artigo 32: "Deixar o círculo de luta contra o Sionismo é alta traição".Antisemitismo e Teorias de ConspiraçãoArtigo 7: "O Profeta, Alá o abençoe e lhe dê salvação, disse: "O Dia do Juizo não virá até que os muçulmanos lutem contra os judeus (matando-os), quando os judeus se esconderem atrás de árvores e pedras. As pedras e árvores dirão: "Oh muçulmanos, oh Abdula, há um judeu se escondendo atrás de mim, venha e mate-o".O conflito com Israel como uma luta religiosaArtigo 1: "O programa do Movimento é o Islã".Artigo 15: "É necessário instilar nas mentes das gerações de muçulmanos que o problema palestino é um problema religioso, e deve ser lidado nesta base." e "O Movimento de Resistência Islâmico é um dos braços da irmandade muçulmana na Palestina. Este movimento é uma organização universal que se constitui no maior movimento islâmico dos tempos modernos".
Charge: "Hamas = Esconde-se atrás de escolas e mesquitas"A ONU ainda emite resoluções pedindo para Israel cessar-fogo e parar os ataques contra os terroristas em Gaza. Porque em nenhum momento menciona que esses terroristas tenham que parar com os ataques contra civis israelenses? Vocês realmente acham que a ONU é um orgão imparcial?



Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Civis israelenses continuam a ser atacados
Depois de ontem, quanto um míssil caiu bem perto de casa, tivemos uma manhã relativamente calma por aqui. No rádio ouvimos sobre as propostas de cessar-fogo, acreditando que finalmente neste final de semana poderemos ter um fim as hostilidades e finalmente poderemos viver em paz como queremos.Pura ilusão! Enquanto a criança que foi atingida ontem continua lutando para sobreviver ao ataque do Hamas de ontem, mísseis foram novamente lançados em direção à cidade de Kiriat Gat agora a tarde, onde 3 pessoas (civis, não preciso repetir que todos os ataques do Hamas são contra civis, não é?!) ficaram feridas. Outro míssil atingiu uma fábrica na cidade de Ashdod, até agora sem informação de feridos, mais quatro mísseis foram disparados contra a cidade na última hora (um deles caiu dentro de um bairro residencial) ferindo ao menos 1 pessoa. A sirene também foi ouvida na cidade de Ashkelon e por duas ocasiões aqui em Beer Sheva (eu estava em casa em ambas as vezes).Agora escrevo à vocês que estão no Brasil, principalmente aos paulistas. Domingo, no Memorial da América Látina, mostrem ao povo brasileiro e a mídia que Israel quer a PAZ. Que Israel está lutando contra o terrorismo, para devolver a paz aos cidadãos do sul do país e também à população palestina! Ao contrário do Hamas que declara querer destruir Israel, matar israelenses, criar o terror entre a a população e usar os palestinos como escudo, o que nós queremos é simplesmente viver em PAZ! Vistam-se de azul e branco e levantem esta bandeira por mim lá

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cientistas tentam explicar relato do Livro de Josué sobre o Sol parando

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, na Inglaterra, publicaram os resultados de uma pesquisa inédita na revista científica Astronom...