domingo, 29 de junho de 2008

“ROCK” A MÚSICA DO INFERNO






“Há caminhos que ao homem parece direito... mas o fim dele conduz à morte” provérbios. 14:12.
Esta postagem tem o objetivo de alertar os nossos jovens, quanto aos poderes satânicos que estão escondidos nesse estilo musical que tem levado multidões para o inferno. E o pior é que este ritmo musical está invadindo nossas igrejas e comunidades, tirando a essência do verdadeiro louvor espiritual que agrada a Deus.


Disse Jesus: “... O PAI PROCURA VERDADEIROS ADORADORES QUE O ADOREM EM ESPÍRITO E EM VERDADE...” JOÃO 4:24.

As estrelas do rock In roll

Grandes celebridades já estiveram por trás da música “rock”.

Muitos cantores de rock estão ligados a cultos satânicos, tanto nos Estados Unidos, onde o satanismo está crescendo a cada ano com novos templos e igrejas, e também em outras partes do mundo. O alvo principal do rock é os jovens. A Bíblia nos mostra uma série de “deuses pagãos” que eram adorados pelas nações idólatras. Tanto os pais, como seus filhos adoravam e ofereciam sacrifícios e ofertas a esses ídolos pagãos; provocando assim a ira de Deus que é o verdadeiro criador de toda a terra. Em nossos dias, os jovens têm seguido um caminho obscuro entre os variados estilos musicais que têm surgido nesses dias de muita iniqüidade e libertinagem que circulam os quatro cantos da terra, proporcionando aos jovens “liberdade”, “paz”, “alegria”. Dando-lhes várias opções de diversão e entretenimento; e estes jovens aceitam essa “liberdade” sem o menor receio. Os jovens têm mudado suas vestes, seus costumes, suas atitudes, seus estilos, suas idéias... Os jovens já não sentem mais o temor de Deus. Estão rebeldes, cheios de ódio em seus corações, estão violentos e desobedientes aos seus pais.

O que está acontecendo com esta geração de jovens?

A maioria deles já proclamaram ser o “rock” uma nova religião.

Será isso verdade?

O que está por trás do rock?

O que o rock está ensinando aos jovens?

A origem do rock In rol

O rock foi criado em meados dos anos 50, sendo uma fusão de Rythm ‘n’ blues e da música folk. Surgiram cantores e grupos como: Chuck Berry, Bill Halley, Elvis Presley, Beatles, Rollings Sotones, Pink Floyd, led Zeppelin, Nazareth e muitos outros grupos precursores da época. O rock sempre foi ligado às drogas, prostituição, sexo ilícito, homossexualismo, pornografia, insultos à fé cristã, inversão de valores morais, desrespeito às leis e desprezo aos padrões éticos e sociais, dando uma impressão de falsa liberdade, anarquia e rebeldia. Na década de 70 surgiram outras vertentes do rock; como o Hard Rock, Rock Alternativo, Rock Progressivo, Punk Rock e muitos outros estilos de rock; como: Heavy Metal, Trash Metal, Death Metal, Gothic Metal e outros. Logo após a década de 70 surgiu um ritmo mais violento; com muitas guitarras destorcidas e um som perturbador causando distúrbios psíquicos em várias pessoas amantes desse ritmo musical diabólico. Nos shows de rock a figura de satanás é adorada por adeptos do rock. Também nos shows de rock as drogas circulam com liberdade entre jovens prematuros que consideram o rock como uma religião. Os discos de rock trazem ilustrações de demônios nas capas, alguns discos e CDs mostram desenhos de Jesus crucificado, outros ainda mostram a cruz de cabeça para baixo como forma de desprezo ao Cristianismo. Algumas capas mostram anjos fumando. O rock é um louvor de adoração ao diabo, porque alguns CDs mostram fotos de bruxas e incluindo orações ao diabo, letras de elogios a satanás, letras falando de drogas, sexo, pornografia... Enfim este é o mundo sujo e perverso do Rock in Roll tão popularizado e idolatrado entre jovens do Mundo inteiro que não conhecem ao Senhor e Salvador Jesus Cristo.

O que é o rock?


O rock é a “Música Popular” que surgiu no final do período da Segunda Guerra Mundial. Foi uma memória póstuma do que aconteceu no período anterior á Segunda Guerra Mundial que envolveu o mundo inteiro. O rock surgiu com uma geração de adolescentes traumatizados pelas guerras que lhes causaram pavores e frustrações. Da fusão do “Rytm 'n' Blues” e do “Jazz” surgiram canções com letras mais explícitas e cheias de sensualidade e lascívia. Surgiram então na década de 50 grupos como: Bill Halley and His Commets (Bill Halley e seus cometas) grupo que abalou a América com seu sucesso intitulado:“shake, rattle and roll” “agite, rebole e bamboleie”. Assim, outros grupos foram surgindo por toda a América do Norte: Jefferson Air Plane, Jerry Lee Lewis (um jovem desviado do evangelho) e Elvis Presley (um cantor cristão que abandonou a igreja e desviou-se do evangelho). Elvis Presley chegou a ser considerado o “Rei do Rock” ao desviar-se da igreja “Assembly of God” (Assembléia de Deus) nos Estados Unidos da América. Surge então uma nova onda musical, que levaria muitos jovens para fora das igrejas, deixando-os rebeldes, violentos, agressivos, desobedientes aos pais, cheios de ódio, cheios de tristezas e frustrações.

Que há por trás do rock?

Raul Seixas, um cantor rebelde e satanista, disse em uma de suas canções: - “o diabo é o Pai do Rock, foi ele mesmo quem deu os toques...”.
Notamos que o próprio Raul seixas tinha contato com os demônios; e também era um discípulo ardiloso do satanista inglês Aleister Crowley, que pregava liberdade aos prazeres da carne.
Na música: “Sociedade Alternativa” de Raul seixas, ele diz: - “faça o que quiseres, pois é tudo da lei”.
O rock sempre trouxe uma mensagem de egoísmo, depravação e autodestruição.
O rock e os desejos de suicídio
Observamos agora o caso dos dois jovens americanos – Eric e Dylan – fãs ardilosos de um cantor de rock satânico. Em abril de 1999 estes dois jovens com idade entre 15 e 16 anos, abriram fogo dentro do colégio do Texas, o “Colombine High School”. Os jovens fanáticos pelo rock mataram várias pessoas, entre alunos e professores. Houve um saldo de 12 mortes. O que estava em suas mentes? O que eles ouviam em suas casas? Por que se tornaram assassinos? Este caso abalou os E.U.A. e teve repercussão nos quatro cantos da terra em noticiários e telejornais do mundo inteiro. Surgiu mais tarde, mesmo depois deste atentado, um livro que foi intitulado como: “Tiros em Colombine”, este livro fala da tragédia que estes dois adolescentes provocaram. A polícia encontrou várias bombas de fabricação caseira na casa desses jovens, que recebiam influências de terroristas pela internet. No final do atentado, estes dois jovens se suicidaram juntos, para não responderem pelos seus crimes. Tão jovens e com um futuro brilhante, mas foram seduzidos e hipnotizados pelo rock, a música do inferno.

Por trás de muitas canções existem frases satânicas do tipo: “mate-se”, “morra”, “comece a usar drogas”, “fuja de casa”, “fuja da escola”, “mate os seus pais”, etc...
Mensagens como essas são comuns em discos de rock. Muitas faixas e frases são gravadas em um processo chamado: “Back ward-masking”, ou seja, “Máscara ao contrário”.
Este processo consiste em gravar mensagens ao contrário, portanto essas mensagens satânicas não são ouvidas muitas vezes, mas o subconsciente consegue armazená-las no cérebro humano. Isso é o que chamamos de “Mensagem Subliminar”. Estas mensagens existem, e levam o indivíduo a tomar certas atitudes anormais. Eis a razão de tantos crimes bárbaros, e violência em shows de rock. Os jovens ficam sob uma influência satânica através das ondas sonoras e dos altos decibéis que ultrapassam a capacidade do ouvido humano causando frenesi, histeria, espasmos, depressão, e muitos deles chegam até mesmo ficarem com fortes dores de cabeça. Outros saem dos shows pensando em suicídio, alguns se cortam, outros fazem tatuagens em seus corpos, tudo em adoração e louvor ao seu cantor predileto. Com essas atitudes eles deixam bem claro que o seu “deus” é o rock. Veja o que o Apóstolo Paulo escreveu aos Romanos em sua carta: “Não sabeis vós que a quem vos oferecerdes por servos, serão servos daqueles a quem obedeceis... ou servos do pecado para a morte ou servos da obediência para a vida”. Romanos 6:16.

Então jovens, sejam servos da obediência e sirvam a Deus e a seu filho Jesus, e sejam felizes. Que o sangue de Jesus liberte os jovens que estão presos ao rock!

Rock e satanismo

A música rock tem seus adeptos, e muitos grupos estão em contato com o ocultismo, bruxaria, espiritismo, esoterismo e satanismo; que são doutrinas de demônios. Existem gravadoras de grande porte, cujos donos são adeptos ao rock. Nestas gravadoras são realizados o que eles chamam de “culto” ou “missa negra”, que é uma celebração satânica para consagrar ao diabo cada disco de rock. Essa “missa negra” é realizada dentro dos estúdios de gravação. A celebração é feita por adeptos da bruxaria e do satanismo, e chegam a sacrificar animais para obterem o sucesso e boas vendas em cada disco. Também são feitos sacrifícios de crianças nestes rituais de consagração. Uma das bandas mais polêmicas do rock é a banda inglesa “KISS”, cujo significado é uma mensagem oculta, pois “KISS” em inglês significa “BEIJO”, mas note agora o significado dessas letras separadas:

K = knights, I = in, S = Satan’s, S= service.
Observe a tradução: Knights in Satan´s Service.
“Cavaleiros a serviço de Satanás”



Este grupo de rock faz apologia ao satanismo, eles freqüentam templos satânicos na Inglaterra e têm um grande número de fãs espalhados pelo mundo inteiro. Seus shows e apresentações são verdadeiros cultos ao demônio. Outro grupo de rock que já causou muita polêmica é o “Black Sabbath” ou “Sábado Negro”, fundado na década de 50, por Ozzy Osbourne, um adepto do satanismo nos E.U.A. Em 1979, Ozzy deixou o grupo e seguiu carreira solo lançando vários discos dedicados à satanás. Os integrantes do “Black Sabbath” faziam celebrações satânicas para conquistar seus fãs e levá-los a se renderem ao demônio, entregando suas almas em seus shows. Em cada show do “Black Sabbath” a polícia registrava várias mortes, pois os integrantes desse grupo entregavam as almas de seus fãs ao demônio. Em 1986, nos E.U.A., um jovem que era fã de Ozzy Osbourne, após ouvir repetidas vezes a música: “Suicide Solition”, cuja tradução é: “Solução Suicida”, ele suicidou-se ouvindo rock dentro de sua própria casa.

Jovens, observem o que disse Jesus: “Vinde a mim todos os que estão cansados e oprimidos e eu vos aliviarei”... Mateus 11:28.

Você está triste, cansado, oprimido? Vá até Jesus e Ele te aliviará! Só Jesus tem a paz!
O rock e as drogas
O rock sempre esteve ligado ao consumo de drogas e vice-versa. Muitos jovens se lançam nesse mundo obscuro e não conseguem mais sair, por quê? O consumo de drogas aumenta devido à falta de perspectiva de vida com relação ao futuro. O jovem vive em conflitos existenciais diariamente, pois esta é uma fase transitória. É o “ficar”, que está em alta, são as “raves”, os “bailes” as “baladas” e etc.
Tudo isso leva o jovem a se sentir vazio e muito deprimido, por esta razão ele tenta “escapar” dessa situação difícil, e logo vai se “refugiar” nas drogas.

O Álcool
O alcoolismo cresce assustadoramente em nossos dias, jovens em idade ginasial já estão envolvidos neste caminho sombrio.
Em shows de rock, os jovens se entregam ao consumo de bebidas alcoólicas, e muitos chegam ao “coma alcoólico” e morrem prematuramente. Várias notícias já circularam pelos telejornais, informando que várias mortes de pedestres e tragédias no trânsito foram provocadas por jovens imprudentes devido ao seu consumo de álcool.

Jovens, leiam com atenção o que o apóstolo Paulo escreveu em sua carta aos Efésios: “E não vos embriagueis com vinho... mas enchei-vos do Espírito Santo”. Efésios 5:18.

A Maconha

A maconha ou marijuana é uma droga alucinógena. É habitualmente fumada em cigarros preparados com folhas, caules e inflorescências do cânhamo (Cannabis Sativa). Em muitos países, a posse ou uso da maconha é proibido por lei. Mas existe resistência por parte dos grupos de rock e seus adeptos, que através do tráfico de entorpecentes compram e consomem este tipo de droga. A maconha está no grupo das drogas psicodélicas, pois ela é alucinógena. Porém, os jovens que fazem uso da maconha, estão expostos à outras drogas ainda mais perigosas.

Heroína
O nome heroína vem do grego “heroine” é o feminino de herói. Esta droga faz parte da vida de muitos cantores e artistas famosos em todo mundo. Jim Morrison, uma vez disse em seu show: “Heroin, she is my life, she is my wife...” ele disse: “A heroína é minha vida… ela é minha esposa.” Jim Morrison já falecido, foi um adepto do ocultismo e também do satanismo. Jim Morrison vocalista do grupo de rock “The Doors”, “As portas”. Jim Morrison casou na religião “Wicca”, a cerimônia foi feita ao ar livre, e os noivos tiveram que beber o sangue um do outro, como um ritual de purificação e união. Jim Morrison morreu de overdose anos mais tarde.

“... MAS, ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO SANTO...” EFÉSIOS 5:18

O rock e a depravação

Como símbolo de independência, o rock tem levado milhões de jovens ao histerismo, psiconeurose. Ao abusar de drogas, os jovens se entregam as mais baixas paixões sexuais, dentre elas estão:

A - Homossexualismo:. Relação sexual entre pessoas do mesmo sexo.
B - Lesbianismo: Esta palavra vem do termo grego “Lesbos”, é o nome de uma ilha grega. É a prática sexual entre duas mulheres.
C - Bestialismo: É a prática sexual de um ser humano com um animal, em algumas cerimônias satânicas alguns animais são usados para a perversão sexual e depois são sacrificados.
D - Sadomasoquismo: Tendência anormal para extrair o prazer sexual de certa violência contra si próprio. O masoquista tem prazer no sofrimento. O termo “Masochismo” deriva do nome de um escritor austríaco, Lepold Von Sacher-Masoch (1835-1895).
E - Sadismo: Perversão sexual que consiste em obter o prazer através do sofrimento alheio. O termo “Sadismo” vem do nome do “marquês de Sade” (1740-1814). Em casos extremos, o sádico só consegue excitação sexual maltratando a pessoa com quem tem relações sexuais.
F - Necrofilia: É a atração sexual em que a pessoa sente desejo sexual por cadáveres. Alguns cantores de rock visitam cemitérios para manterem relações sexuais com os mortos. Muitas letras de rock fazem apologia a necrofilia.
G - Pedofilia: Atração sexual pelas crianças, desejo erótico por crianças. Há relatos sobre casos de pedofilia no rock.

“PORTANTO TORNAI-VOS IMITADORES DE DEUS, COMO FILHOS AMADOS...” Efésios 5:1.

Os sinais ocultos do rock
O culto ao rock. “Discos consagrados ao diabo”
Nos Estados Unidos existe uma associação chamada “Wicca” – Associação dos Mágicos e feiticeiros. Os membros dessa organização são donos de lojas de discos, e também são donos de gravadoras. Nestas gravadoras, existe mensalmente um culto de consagração dos discos que são lançados pelas gravadoras, lideradas por homens e mulheres que professam o ocultismo, satanismo, nova era, espiritismo, etc.

O objetivo dos discos


Cada disco tem como objetivo principal corromper os valores morais da juventude. Esses discos de rock são consagrados ao diabo, dentro de poucos dias, já estão nas mãos dos jovens. O “Gun’s and Roses”, por exemplo, lançaram seus discos e logo foi registrado um aumento na violência nos Estados Unidos da América. Os crimes aumentaram em 30% pelas ruas e cidades da América.
Wicca
A Wicca levou muitos artistas a popularidade e fama. Existem vários grupos de rock que estão ligados à Wicca. Wicca é uma das vertentes do espiritismo.
Espiritismo
Espiritismo é a comunicação dos vivos com os demônios, os quais se manifestam enganosamente personificando os mortos. O espiritismo é um engano diabólico que a Bíblia chama de: “Doutrina de demônios”. Outro título para o espiritismo seria o demonismo ou satanismo, pois é isso que ensina o espiritismo, consultar os espíritos, que são demônios, e não os mortos. A Bíblia nos relata que nos últimos dias os homens dariam ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrina de demônios. 1ª Timóteo 4:1.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Seita chinesa acredita que Jesus reencarnou em mulher

A Igreja do Deus Todo-Poderoso (IDTP) é uma religião que nasceu no início dos anos 90 na China, e crê que Jesus reencarnou em uma mulher ch...