domingo, 6 de julho de 2008

A BESTA E SUA IMAGEM

A BESTA E SUA IMAGEM

É de máxima importância nos lembrarmos, que o livro do Apocalipse foi revelado para os servos de Deus, os que crêem, e não para o mundo, e com o objetivo de nos avisar, não simplesmente para sabermos, mas para nos prepararmos: "Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo;" (Apocalipse 1:1).
Fico triste ao constatar, que muitas igrejas não estão dando a devida importância ao livro do Apocalipse. Este livro deveria ser o mais estudado em nosso tempo. Talvez seja para que se cumpram as Escrituras: "Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?" (Lucas 18:8).

O QUE É A BESTA?

Antes de prosseguirmos, temos que considerar os textos de Apocalipse e Daniel.
Apocalipse 13:1 - "E eu pus-me sobre a areia do mar, e vi subir do mar uma besta que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre os seus chifres dez diademas, e sobre as suas cabeças um nome de blasfêmia."
Apocalipse 13:11 - "E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão."
Apocalipse 17:3 - "E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres.
Daniel 7:2,7 - "Falou Daniel, e disse: Eu estava olhando na minha visão da noite, e eis que os quatro ventos do céu agitavam o mar grande. E quatro animais grandes, diferentes uns dos outros, subiam do mar. O primeiro era como leão, e tinha asas de águia; enquanto eu olhava, foram-lhe arrancadas as asas, e foi levantado da terra, e posto em pé como um homem, e foi-lhe dado um coração de homem. Continuei olhando, e eis aqui o segundo animal, semelhante a um urso, o qual se levantou de um lado, tendo na boca três costelas entre os seus dentes; e foi-lhe dito assim: Levanta-te, devora muita carne. Depois disto, eu continuei olhando, e eis aqui outro, semelhante a um leopardo, e tinha quatro asas de ave nas suas costas; tinha também este animal quatro cabeças, e foi-lhe dado domínio. Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres.









" Leão............ Urso.................. Leopardo............. O quarto animal


Quatro animais, mais um deles, o leopardo, tem quatro cabeças.

Logo 4 + 3 = 7. As sete cabeças da besta do Apocalipse.

A palavra besta, segundo o dicionário Aurélio, é atribuída a animais de grande porte, em especial nestas profecias, a animais ferozes. É claro que sabemos, que estes animais são simbólicos, mas representam algo ou alguma coisa feroz que se levanta contra os homens, contra a igreja de Cristo.
Em Apocalipse são apresentadas 3 bestas: Uma sobe do mar, a outra da terra e a terceira tem sobre si uma mulher. Já no livro de Daniel não é usado o nome besta, e sim, animais.
Vejamos outros textos:
Apocalipse 19:20 - "E a besta foi presa, e com ela o falso profeta, que diante dela fizera os sinais, com que enganou os que receberam o sinal da besta, e adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre."
Apocalipse 20:10 - "E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre."

EXPLICAÇÃO

A besta que sobe do mar, a que leva a mulher, e os quatro animais em Daniel, são a mesma, pois as características são iguais. A que sobe da terra é o falso profeta, que é ao mesmo tempo a boca que foi dada a besta que sobe do mar e o chifre pequeno do quarto animal em Daniel, pois ele vem para falar "grandes coisas". Ele parece ser um cordeiro: "e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro". Mas fala como o dragão, pois vem para matar, roubar e destruir.
Que a segunda besta é um homem, isso nós já sabemos, mas a primeira também provavelmente o é, pois o texto que lemos acima nos diz que ambos, a besta e o falso profeta, foram lançados vivos no lago de fogo, o que descarta a idéia de ser a besta uma máquina ou um sistema político pois, eles não têm vida, pelo menos do ponto de vista da biologia.

QUEM SÃO ESTES HOMENS?


O segundo homem é o falso profeta que ainda não se manifestou. Mas, o que todos nós temos a curiosidade de saber, é quem é a besta, o primeiro homem que, provavelmente, já está operando no mundo, e cuja ferida mortal foi ou será curada: "E vi uma das suas cabeças como ferida de morte, e a sua chaga mortal foi curada; e toda a terra se maravilhou após a besta." (Apocalipse 13:3). "E exerce todo o poder da primeira besta na sua presença, e faz que a terra e os que nela habitam adorem a primeira besta, cuja chaga mortal fora curada." (Apocalipse 13:12). "E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta, dizendo aos que habitam na terra que fizessem uma imagem à besta que recebera a ferida da espada e vivia." (Apocalipse13:14).

Não devemos, é claro, ignorar a possibilidade de ser a besta um sistema de governo, controle. A besta terá o apoio político, cultural, científico e religioso; de todas as pessoas que foram preparadas para este fim, cada uma em sua área de atuação, mas, principalmente, ela terá o apoio de Satanás, que lhe dará o seu poder. Os sinais que cercam a besta e o seu falso profeta a identificarão. Por isso, devemos considerar os sinais dos tempos preditos pelos profetas do antigo testamento, por Jesus e seus apóstolos, e não ignorá-los. O mais provável, analisando a história humana dos tempos modernos, é que as duas bestas, homens, sejam representantes de dois sistemas de controle: econômico (Ex: Maçonaria) representada pelo presidente dos EUA ou pelo representante da União Européia, e religioso (Ex: Igreja de Roma) representado pelo seu presidente, o Papa.

FATOS HISTÓRICOS

A força da religião
"Os cristãos são perseguidos pelo Império Romano até 313 d.C, quando Constantino lhes concede liberdade de culto. Em 392, o cristianismo se torna a religião oficial do Império, e missionários são enviados a várias partes da Europa para fundar igrejas, ocupando todo o continente."
OBS: O Império Romano ainda está tentando governar o mundo, mas ao invés de usar a força das armas, está usando a religião da igreja Romana, que foi fundada não por Cristo, mas pelo imperador romano Constantino, cujo espírito dominador subsiste nesta religião, aguardando apenas o tempo de unir-se mais uma vez a um poder político mundial, provavelmente a União Européia.

A força do capitalismo
"Em 1517, inicia-se no Sacro Império Romano-Germânico a reforma do monge Martinho Lutero que defende a fé como forma de salvação do indivíduo. Lutero é excomungado em 1520. Com o apoio da nobreza, as idéias de Lutero difundem-se rapidamente. Elas substituem o poder eclesiástico pelo do Estado, simplificam a liturgia, revogam o celibato clerical e acabam com o culto às imagens."

A força do socialismo
"Em 1917, a Revolução Russa inicia o processo de construção do socialismo em larga escala. O regime, no entanto, assume caráter centralizador e totalitário, que se espalha por diversos países. Com o fim da URSS, em 1991, o sistema extingue-se nas ex-repúblicas soviéticas e nos países do Leste Europeu. Atualmente, os governos comunistas do Vietnã, de Cuba e da China adotam alguns princípios capitalistas de economia de mercado."

"Coincidentemente", três são as forças existentes em nosso mundo atualmente, 6 6 6: A religião pela igreja de Roma, o capitalismo pelos Estados Unidos e o socialismo pela Rússia. Estes brigam pelo poder. A igreja de Roma adora a Maria, o capitalismo americano ao dinheiro e o socialismo Russo a Lênin.
Se a espada que feriu mortalmente a besta for a Palavra de Deus: "Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;" (Efésios 6:17) então, nem o capitalismo, nem o socialismo por ela foram feridos na história, mas somente a igreja de Roma, que sobreviveu a reforma iniciada pelo padre Martinho Lutero, e é adorada na imagem de Maria, até mesmo por "não cristãos".

A IMAGEM DA BESTA, QUAL SERÁ ?

Fiquei surpreso ao pesquisar pela Internet, e descobrir que existe uma imagem comum à maioria das religiões, ela é comumente chamada de: A Madona negra, a "Rainha dos céus". Lembra alguma coisa aos amados irmãos? É ela mesma! No passado ela já "chorou", até mesmo gotas de sangue. Agora só falta falar para contradizer as Escrituras: "Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta." ( Salmo 115:7). Disse Jesus ao nobre: "Se não virdes sinais e milagres, não crereis." (João 4:48). "E, estando ele em Jerusalém pela páscoa, durante a festa, muitos, vendo os sinais que fazia, creram no seu nome." (João 2:23). De forma semelhante a Cristo, os sinais que o anticristo fará tem o objetivo de convencer o mundo para aceitarem o "novo" sistema de governo e adorarem a imagem. A história se repete! A ordem será a mesma dada pelo rei Nabucodonozor: "E o arauto apregoava em alta voz: Ordena-se a vós, ó povos, nações e línguas: Quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, prostrar-vos-eis, e adorareis a estátua de ouro que o rei Nabucodonosor tem levantado. E qualquer que não se prostrar e não a adorar, será na mesma hora lançado dentro da fornalha de fogo ardente." (Daniel 3:4-6).

Um dia antes de começar a escrever este pequeno estudo, eu conversava com um pastor sobre este assunto: Como seria possível os judeus receberem o falso profeta com tamanha idolatria? E hoje me veio a resposta: "E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador." (Daniel 9:27). Ou seja: ele enganará os judeus por meio dos sinais que fará, principalmente pela paz que ele trará a Israel, e eles o aceitarão como o "Messias". A semana neste texto não se refere a sete dias, mas há sete anos, segundo estudiosos. Após três anos e meio da implantação do novo sistema de governo mundial, ele, o falso profeta, levará a humanidade sem Cristo a edificar uma imagem à besta, a qual dará o "poder de falar", para que sejam mortos todos os que não a adorarem. Por esta ocasião, a dita marca será imposta pela "boca", provavelmente, da imagem que "falará".
Mais uma vez, ao pesquisar na Internet, consultando sites religiosos dos que adoram a imagem, fiquei novamente surpreso ao saber que ela, a tal imagem, revelou que a marca predita em Apocalipse não é física, mas espiritual. Assim sendo, todos podem e devem aceitar a marca física quando ela surgir. E o site ainda acrescentou dizendo que: "o movimento que se opor a esta marca, estará trabalhando para os demônios, enganando as pessoas."

QUAL O OBJETIVO DESTA IMAGEM ?

Observando com atenção os textos Bíblicos sobre a idolatria, podemos afirmar que a imagem, para adoração, é em primeiro lugar uma criação de Satanás, para apresentar aos homens a idéia de que existem outros deuses e não somente Deus. Em segundo, no caso desta imagem em particular, diferentemente das outras, esta falará. Este sinal, falar, tem o objetivo comprobatório, perante a humanidade não crente, do poder da besta, falso profeta e anticristo. Esta não será simplesmente mais uma imagem, mas a "rainha das imagens". Nós, evangélicos, entendemos pelas Escrituras, que o Espírito Santo é o selo invisível que recebemos quando cremos e aceitamos a Jesus Cristo como nosso único e suficiente Salvador: "Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa." (Efésios 1:13). "E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção." (Efésios 4:30). A marca da besta será o selo visível, não aos olhos humanos, se for um implante subcutâneo, só detectável pelas máquinas, que os adoradores de imagens, os incrédulos e os que abandonarem o caminho santo receberão.

Satanás está preparando todo o terreno para contradizer os que crêem na Palavra de Deus. Se um religioso que já tenha conhecimento de tal revelação da "Rainha dos céus" ler os estudos deste ou de outro Site evangélico que fale sobre uma marca física, por exemplo: um microchip; ele provavelmente não crerá, pois estamos vivendo uma guerra de informações entre os servos da luz e os das trevas. Não que necessariamente tenha que ser esta imagem, mas os acontecimentos mundiais que a cercam, fazem dela a candidata mais provável. Mas, o fato é: uma imagem que "fala" será apresentada ao mundo para ser adorada e obedecida, e quando isto acontecer, saberemos que à volta de nosso Senhor Jesus Cristo estará bem perto.

Como nos diz o hino 112 do Cantor Cristão: Os sinais da sua vinda mais se mostram cada vez. Vencendo vem Jesus.

Finalizando

A imagem da besta representa a religião, e a marca 666 representa a política e suas leis. No fim dos tempos, a religião irá se unir mais uma vez com a política, representados em uma única pessoa, o anticristo. Tal união lembra-me o que aconteceu no ano 325 por meio do imperador Romano Constantino. E a história se repete na era moderna. Deus tenha misericórdia de nós, amém!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Em 1/3 dos países do mundo é proibido evangelizar

As leis que proíbem a blasfêmia são “alarmantemente difundidas” em todo o mundo, com muitos países estabelecendo punições desproporcionais,...