quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

ULTIMAS NOTICIAS

 Os sinais da volta de Jesus estão ocorrendo de forma cada vez mais rápido e numa intensidade crescente. Um dos sinais claro é a multiplicação da iniqüidade. O Mestre estabeleceu uma relação direta entre a multiplicação da iniqüidade e a apostasia, que é o desvio da verdadeira fé. Em Mateus 24:12, Ele revela que, por se multiplicar a iniqüidade o amor ágape de muitos esfriaria. A forma como a iniqüidade age na mente humana é um mistério. Por isso, o apóstolo Paulo aponta para um mistério da injustiça (iniqüidade) em II Tessalonicenses 2:7. É bem provável que haja algum tipo de sintonia mental entre o homem decaído, que ainda não possui uma nova natureza espiritual, e as poderes da maldade nas regiões celestes. O conceito de inconsciente coletivo pode estar relacionado a essa realidade, onde as pessoas estão cegas em seu entendimento e imersas no reino das trevas. Algum tipo de influência que penetra nas mentes e que, no decorrer do tempo, tem aumentado a sua atuação, alcançando seu clímax na revelação do anticristo (II Tessalonicenses 2:7-8). Só o Evangelho libertador de Jesus Cristo tem o poder de libertar uma pessoa desse estado, arrancando-a do império das trevas para o reino do próprio Filho (I Colocensses 1:13). Então, toda vez que o Evangelho e a comunhão com o Espírito Santo são deixados de lado e outras coisas são colocadas em seu lugar, por mais bonitas e agradáveis à vista que possam ser, as pessoas começam a viver sob a influência do mistério da iniqüidade. Temos observado isso dentro das próprias instituições religiosas. Quando o princípio de Igreja é deturpado e substituído pelo institucionalismo, a iniqüidade começa a propagar-se. O Senhor Jesus não vei o estabelecer uma série de instituições religiosas centradas em si mesmas, repletas de opulência, suntuosos templos, poder político, riquezas materiais, hierarquias humanas, homens especiais e espírito sectário ou denominacionalista, mas um Corpo espiritual que O segue e obedece, adorando ao Pai em Espírito e em Verdade. Então, quando vemos líderes religiosos que se autodenominam cristãos envolvidos em atividades como pornografia infantil, pedofilia, rede de prostituição homossexual, falsos testemunhos, corrupção política e todo tipo de crime imaginável, a profecia do Senhor Jesus relatada em Mateus 24:12 se vê cumprida bem diante de nossos olhos. O conceito usado pelo Mestre para referir-se à atuação da iniqüidade é multiplicação. É isso que temos visto nos últimos dias. A iniqüidade multiplicando-se de forma exponencial. Nesta semana, o padre católico romano, Gabriele Amorth, 85, que foi exorcista chefe do Vaticano por 25 anos, declarou que os escândalos de abuso sexual na Igreja Católica Romana, são a prova de que "o diabo está em ação dentro do Vaticano e que o diabo reside no Vaticano".
Porém, esse processo de apostasia não é uma exclusividade da instituição católica romana. Outras instituições denominadas de cristãs ou evangélicas também têm trilhado o mesmo caminho. Na terça-feira, dia 08/03/10, o reverendo protestante norte-americano, Dwayne Johnson, uniu em matrimônio o terceiro casal de lésbicas naquela noite, as também reverendas Elder Darlene Garner, de 61 anos, e Lorilyn Candy Holmes, de 53. Isso ocorreu em plena capital dos EEUU, Washington. Não há escapatória! Toda vez que um grupo de pessoas se afasta da simplicidade do Evangelho da Graça e do Reino e começa a colocar em volta dele preceitos, regras, sectarismo e sofismas humanos, abre-se o caminho para que a iniqüidade entre. Repetimos: O Senhor Jesus não veio criar uma instituição ou instituições religiosas, mas um Corpo espiritual. Enquanto mais se aproximar o fim, mais veremos a diferença entre aqueles que pertencem ao Corpo, sentindo-se completos pelo fato de pertencer a Cristo e aqueles que se apegam à instituição, como se o Evangelho precisasse de instituições humanas.

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará" (Mateus 24:12)

"Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição" (II Tessalonicenses)

NOTÍCIAS DO ORIENTE MÉDIO
Fatos muito intrigantes têm ocorrido nos últimos dias no Oriente Médio, especialmente em Israel. No dia 12/03/10, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, telefonou para o premiê israelense, Benjamin Netanyahu, expressando que o plano do governo judeu de construir 1.600 novas casas em Jerusalém Oriental é um sinal profundamente negativo de Israel nas relações bilaterais com os EUA. O anúncio da construção dessas casas foi feita em plena visita do vice-presidente dos EEUU, Joseph Biden, a Israel. Como temos comentado, fica a clara impressão que o governo de Netanyahu parece estar forçando uma rápida definição da situação no Oriente Médio. A decisão de construir casas em Jerusalém Oriental em plena visita do vice-presidente americano, parece indicar isso. É como se o governo israelense estivesse provocando um enfrentamento final de grandes e definitivas conseqüências na região. Os EEUU defendem a instauração do Estado Palestino e a parte oriental de Jerusalém estaria englobada nesse Estado como capital. Anunciar a construção de 1.600 casas em Jerusalém Oriental justamente durante a visita do representante dos EUA parece sinalizar isso. Porém, os acontecimentos mais instigantes ocorreram dias após... No domingo, dia 14/03/10, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao Oriente Médio para uma visita oficial inédita a Israel e aos Territórios Palestinos, em meio à crise gerada pelo anúncio da construção das casas. Desde que D. Pedro II passou pela Terra Santa há 150 anos, nenhum chefe de Estado brasileiro esteve no local em visita oficial. No dia 12/03/10, o jornal israelense Haaretz, o principal jornal do país, trouxe uma manchete impactante:

"Jornal israelense vê Lula como "profeta do diálogo" (BBC Brasil - 12/03/10)
Uma reportagem publicada pelo diário israelense "Haaretz" nesta sexta-feira classifica o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que chega no domingo a Israel para um giro de quatro dias pelo Oriente Médio, de "profeta do diálogo", por sua defesa das negociações diplomáticas em busca da paz na região. "Imparcialidade é o nome do jogo. Lula tem que ser amado por todos. Sua visita ao Oriente Médio na próxima semana começará em Israel, mas também o levará para os territórios palestinos e para a Jordânia", comenta o texto do jornal. O autor da reportagem, Adar Primor, participou de uma entrevista concedida pelo presidente brasileiro a dois jornalistas israelenses e um árabe, e diz que essa característica de Lula transpareceu até mesmo na hora de escolher quem faria a primeira pergunta: numa disputa de par ou ímpar...”
Se fôssemos considerar apenas essa matéria do jornal Haaretz, seria o suficiente para demonstrar o tipo de expectativa que tem sido criada para que um grande líder surja e solucione o impasse no Oriente Médio! Quando esse líder surgir e esse acordo ocorrer, o que pode ter lugar daqui a semanas, meses ou anos, então estaremos adentrando no período tribulacional de 7 anos que antecede a gloriosa volta do Senhor. Luiz Inácio Lula da Silva disse que a desavença atual entre Israel e EEUU pode ser mágica" para acordo de paz. Também afirmou que sonha “Palestina livre no Oriente Médio”. Nos chama a atenção os termos que têm sido empregados em toda essa questão e a importância cada vez maior que um grande acordo de paz ocorra no Oriente Médio. Hillary Clinton, em sua conversa telefônica com Netanyahu, disse que o premiê israelense havia ido contra o "espírito" da visita do representante americano, Joseph Biden. Já o presidente brasileiro é identificado como o "profeta" do diálogo e fala de "mágica" para a consolidação final do acordo. Al Gore é identificado, como veremos mais adiante, como o "apóstolo" da causa ambiental. Essa associação entre terminologias bíblicas e atuações de líderes políticos é bem emblemática do tempo que estamos vivendo, quando a população mundial já está preparada para aceitar um líder que reúna características políticas e espirituais. Até mesmo o líder da Igreja Católica Romana já sinalizou que o mundo precisa desse grande líder. Devido às expectativas de grandes mudanças e catástrofes, certas autoridades políticas são vistas de forma cada vez mais messiânicas. Cremos que há um processo de condicionamento também nesse aspecto. Não esqueçamos que, ao mesmo tempo em que o anticristo se oporá e se levantará contra tudo o que se chama Deus ou se adora, ele será adorado, se assentará no local específico para ser adorado e terá até mesmo uma imagem para esse fim (II Tessalonicenses 2:3-4, Apocalipse 13:11-15).

"E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá. Mas em seu lugar honrará a um deus das forças; e a um deus a quem seus pais não conheceram honrará com ouro, e com prata, e com pedras preciosas, e com coisas agradáveis" (Daniel 11:37-38).

Porém, o acontecimento mais importante, em nossa opinião, ocorreu horas depois da chegada do presidente brasileiro a Israel. O jornalista Jeffrey Heller, da agência Reuters, relatou assim o acontecimento:
"Dezenas de palestinos entraram em confronto com a polícia israelense nesta terça-feira em Jerusalém Oriental, em um "dia de fúria" convocado pelo Hamas em protesto contra a sagração por Israel de uma antiga sinagoga na cidade. Os confrontos ocorreram em vários pontos de Jerusalém Oriental. Os palestinos atiraram pedras nos policiais, queimaram pneus e vandalizaram lixeiras. A polícia reagiu com gás lacrimogêneo e balas de borracha. Cerca de 40 palestinos foram atendidos em hospitais com ferimentos leves. Dois policiais também se feriram, segundo fontes médicas. Um porta-voz policial disse que cerca de 3.000 agentes estão em alerta desde que o grupo islâmico Hamas, que governa a Faixa de Gaza, mas também tem grande influência na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, convocou os protestos."Pedimos ao povo palestino que veja a terça-feira como um dia de fúria contra os procedimentos da ocupação em Jerusalém contra a mesquita Al Aqsa", disse o Hamas, referindo-se ao terceiro templo mais sagrado do islamismo, que fica em Jerusalém. O Hamas alega que a reforma na sinagoga Hurva, que fica no bairro judaico da Cidade Velha de Jerusalém, é parte de um plano israelense para demolir a mesquita Al Aqsa, cerca de 400 metros dali, para reconstruir no local um templo judaico como os que existiam. Israel nega tal acusação, e o Departamento de Estado dos EUA pediu calma, acusando os palestinos de usarem as obras na sinagoga como pretexto para incitação e descaracterização dos fatos. Na segunda-feira houve uma cerimônia de reinauguração da sinagoga Hurva, destruída por forças jordanianas numa guerra em 1948. Israel capturaria a área 19 anos depois, e ainda hoje considera Jerusalém como sua capital "eterna e indivisível." Os palestinos reivindicam a parte oriental como capital do seu eventual Estado"
Realmente, fica a impressão de que algo muito importante em relação à construção do Templo em Jerusalém poderá ocorrer a qualquer momento. Note que há uma crença generalizada entre os palestinos que a reforma da sinagoga Hurva poderá trazer uma ocupação da mesquita de Al Aqsa, que fica no monte do templo, com o objetivo de “reconstruir no local um templo judaico como os que existiam. Duvidamos muito que o Hamas tenha tirado essa idéia do nada...
Ainda sobre esse ardente assunto, há uma antiga profecia rabínica que aponta para o começo da construção do Templo a partir do momento em que a sinagoga de Hurva fosse reedificada pela terceira vez. Durante o século 18, Vilna Gaon, uma respeitada autoridade rabínica, profetizou que a sinagoga Hurva, em Jerusalém, construída nos seus dias, viria a ser destruída e reconstruída por 2 vezes, e que quando a Hurva fosse completada pela terceira vez começaria então a construção do Terceiro Templo.O fato é que essa sinagoga foi reinaugurada e dedicada pela terceira vez precisamente na terça-feira, dia 16/03/10, dia em que milhares de palestinos saíram às ruas protestando contra um plano israelense para demolir a mesquita Al Aqsa, cerca de 400 metros dali, para reconstruir no local um templo judaico como os que existiam... Coincidência? Com relação à profecia de Vilna Gaon, não podemos afirmar que seja verdadeira, pois não faz parte da Palavra revelada nas Escrituras. Porém, sabemos muito bem que o Senhor revela Seus propósitos a quem Ele quer e que há profecias específicas reveladas por Ele a muitos de Seus servos. Vale a pena ficarmos alertas a respeito disso tudo e ver seu possível cumprimento.No começo deste ano, arqueólogos conseguiram atingir o solo original do Monte Moriá, onde Abraão preparou tudo para obedecer a ordem de Deus e sacrificar seu filho Isaac. O local é o mesmo também que o rei Davi comprou para instalar o templo de Jerusalém. A obra do templo só foi iniciada e concluída por seu filho Salomão, há cerca de 3 mil anos. Diante da descoberta dos arqueólogos, os muçulmanos não permitiram que as investigações continuassem na praça das mesquitas. Diuturnamente, dezenas de arqueólogos trabalham no subsolo de Jerusalém. O Muro das Lamentações, construído por Herodes como uma proteção ao templo, um dos marcos de Jerusalém, é a parte visível de um segredos arqueológicos da Cidade Santa, que é o Monte Moriá. Poucas décadas antes do nascimento de Jesus Cristo, Herodes mandou nivelar o Monte Moriá, tarefa dada a mais de 10 mil trabalhadores e que durou mais de uma década. Ele construiu as quatro paredes (incluindo o Muro das Lamentações), como muros de contenção do templo. Estaríamos vivendo os dias que antecedem a construção do Templo judaico em Jerusalém? Alguns irmãos que colaboram com o Projeto Ômega têm levantado a possibilidade haver um grande terremoto em Jerusalém, destruindo a mesquita de Al Aqsa, que fica no monte Moriá, onde o antigo Templo judaico foi construído por Salomão. Sem dúvidas, essa é uma possibilidade a ser considerada também. As profecias estão se cumprindo. Uma série de acontecimentos estão ocorrendo de forma seqüencial e vertiginosa em pouco espaço de tempo. Só aqueles que não podem ou não querem ver não estão vendo. A Palavra do Senhor não falha. Vamos permanecer com os nossos olhos dirigidos a Israel, principalmente a Jerusalém e o Monte Moriá...

UMA "SOLUÇÃO" PARA O CLIMA

Certamente, a questão climática é uma das que mais preocupam os países. Provavelmente, seja a que mais assusta as pessoas, quando se pensa a médio e longo prazo. Como sabemos que as dores de parto irão aprofundando, é óbvio que as catástrofes naturais e desequilíbrios climáticos irão intensificar-se, gerando uma crescente angústia nas nações. Essa angústia já é patente em várias partes do planeta e irá expandir-se. Contudo, no dia 15/03/10, o ex-vice presidente dos EEUU, Al Gore, anunciou que a “solução” ainda é possível. É a nossa missão ficarmos atentos ao cumprimento das profecias. Então, toda vez que um homem declarar que possui a solução ou crê numa solução humana para os problemas da humanidade, ficaremos de olhos bem abertos para isso. Veja a notícia:

"Otimista, Al Gore aposta em tecnologia contra aquecimento"”(FOLHA ONLINE - 15/03/10)

"O ex-vice presidente dos EUA e ativista ambiental Al Gore ainda acredita que "podemos solucionar completamente a crise do clima, com folga", apesar do fracasso da conferência de Copenhague no fim de 2009. É o que ele afirmou em entrevista à Folha de S. Paulo, publicada nesta segunda-feira (15) e concedida ao jornalista Marcelo Leite (íntegra exclusiva para assinantes do UOL e do jornal). O subtítulo do novo livro de Gore é "Um Plano para Solucionar a Crise Climática". Agora o "apóstolo" se volta para as sugestões compiladas em 30 "cúpulas de soluções" que organizou nos últimos três anos pelo mundo afora. Sua fé renovada se ancora na tecnologia. Máquinas como o satélite Triana/DSCOVR, congelado por Bush anos a fio, revelariam aos olhos de todos a verdade sobre a saúde combalida da Terra. Redes inteligentes para transmissão de eletricidade permitirão administrar a sazonalidade e a intermitência das fontes renováveis de energia mais promissoras, eólica, de biomassa e solar. Por vida das dúvidas, Gore continua acreditando no poder do cinema para converter os céticos. Adorou "Avatar", de James Cameron, "uma poderosa metáfora" sobre a força irresistível da natureza. Nos dias 26 e 27 ele estará com o diretor em Manaus, para palestras no Fórum Internacional de Sustentabilidade"”

A TERRA TREME CADA VEZ MAIS!


A Terra continua tremendo de tal forma que os cientistas estão tentando desvendar relação entre os terremotos recentes. Apesar da maioria dos especialistas afirmarem que uma conexão entre esses eventos ainda não foi cientificamente comprovada e que os terremotos estão ocorrendo em placas tectônicas diferentes, a quantidade e magnitude dos terremotos tem trazido uma grande incógnita para os especialistas. Em 2010 têm ocorrido, em média, 12 terremotos acima de 4º por dia. Isso dá uma quantia de 1 terremoto de 4º graus ou mais a cada 2 horas no planeta! Veja os terremotos de magnitude forte e muito forte ocorridos desde a postagem da última edição de ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS, sem contar as centenas de terremotos fracos e moderados de até 6.0º que têm ocorrido no mundo, como o de 4.4º que atingiu o sudeste de Los Angeles no dia 16/03/10 ou o de 4.8º que atingiu a costa do Peru em 19/03/10:

DIA 08/03 TERREMOTO NA TURQUIA DE 6.0º
DIA 11/03 TERREMOTOS NO CHILE DE 6.7º E 6.9º
DIA 14/03 TERREMOTO NA INDONÉSIA DE 7.0º
DIA 14/03 TERREMOTO NO JAPÃO DE 6.5º
DIA 14/03 TERREMOTO NA INDONÉSIA DE 6.4º
DIA 15/03 TERREMOTO NO CHILE DE 6.1º
DIA 16/03 TERREMOTO NO CHILE DE 6.7º

O nordeste brasileiro também tem tremido muito acima da média nos últimos dias. Rio Grande do Norte, Ceará e Alagoas têm sido alvos de constantes tremores. A população está alarmada. Até mesmo no estado da Bahia, onde praticamente não havia relatos de tremores sentidos pela população, a terra tremeu no dia 16/03/10 nas cidades de Mutuípe e Jiquiriçá, com abalos que atingiram 2.2º. Não podemos esquecer que a hipótese de um terremoto de conseqüências graves no Brasil é muito rara, mas não pode ser descartada. Como já foi comentado em uma de nossas edições, o chefe do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (Obsis- UnB), George Sand França enumerou, recentemente, uma série de fatores que poderiam influenciar no resultado de um tremor em território brasileiro, como o aumento da densidade populacional, a falta de estruturas resistentes a abalos e comparações com catástrofes ocorridas em locais com características geológicas semelhantes. Um dos exemplos citados pelo especialista foi a série de terremotos que atingiu a cidade de New Madrid, hoje no Estado americano do Missouri, entre 1811 e 1812. Os tremores chegaram a ser sentidos em Nova York e Boston, a milhares de quilômetros de distância. Esses abalos atingiram até 8,2 graus na escala Richter em uma área que fica no meio da placa norte-americana e não nos seus limites, onde é mais comum ocorrerem terremotos fortes, disse França. Deveria servir de alerta para o Brasil porque o país também está no meio de uma placa, a sul-americana, cujos limites estão no meio do Oceano Atlântico, a leste, e na costa dos países do Pacífico, a oeste.”
Uma cena que transmite muito bem a apreensão que grande parte da população de áreas atingidas por terremotos está sentindo foi registrada na posse do novo presidente do Chile, Sebastián Piñera. No momento da posse dele, na cidade portuária de Valparaíso, que fica cerca de 120 quilômetros a oeste de Santiago, um forte terremoto de 7.2º atingiu a cidade, 20 minutos antes da posse. Os presidentes convidados de várias nações, que já estavam no salão de cerimônias, ficaram apreensivos ao ver toda a estrutura ao redor movendo-se.

Essa cena nos lembrou uma semelhante, porém muito mais caótica e aterradora, que ocorrerá imediatamente antes da gloriosa vinda do Senhor Jesus, quando os sinais do Dia do Senhor começarem a ocorrer no planeta:

"E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue; e as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte. E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. E os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo o servo, e todo o livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas; e diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro; porque é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?”(Apocalipse 6:12-17)
Vamos permanecer atentos. pois os fatos estão ocorrendo de forma muito rápida. Coisas estranhas têm ocorrido. Existem assuntos que não temos comentado, pois estamos esperando o momento certo para fazê-lo.mas fica na paz do Senhor Jesus Cristo!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Em 1/3 dos países do mundo é proibido evangelizar

As leis que proíbem a blasfêmia são “alarmantemente difundidas” em todo o mundo, com muitos países estabelecendo punições desproporcionais,...