sábado, 12 de fevereiro de 2011

666 a nova igreja mundial

Seguidores da seita Jesus Cristo Homem tatuam o número 666 na pele segundo os ensinamentos de seu líder religioso, o porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda, que se diz “Jesus Cristo feito homem”.Proprietários de várias lojas de tatuagens da Costa Rica confirmaram à imprensa que a maioria das pessoas agendadas queria gravar o número do anticristo na pele. Pessoas de diferentes idades – adultos, jovens e crianças – estiveram nos estabelecimentos para tatuar o “666” no corpo. 


Em outubro de 2006, Miranda visitou a Costa Rica e realizou uma reunião assistida por dezenas de pessoas.
Antes do encontro, o líder afirmou que tinha milhares de adeptos no país, no entanto, poucos seguidores compareceram à reunião. Segundo a seita, cerca de duas mil pessoas seguem a doutrina do porto-riquenho.

Em Miami, Miranda mostrou na televisão uma tatuagem no braço com o número 666
Na ocasião, o líder pediu que os fiéis também fizessem a marca como uma espécie de senha de solidariedade e salvação.

Alguns seguidores da seita disseram que o número não tem nada de satânico como afirma a doutrina cristã. “Não é algo negativo nem satânico, pelo contrário. Nós lutamos contra o satanismo”, disse um fiel após fazer a tatuagem.
De acordo com a Bíblia, o número aponta a marca do anticristo. No livro de Apocalipse, capítulo 13, versículo 18, diz o seguinte:
“Aqui há sabedoria! Quem tiver inteligência, calcule o número da besta, porque é número de um homem, e esse número é seiscentos e sessenta e seis”.
Para muitas pessoas isto se chama mudança de paradgma ou mudança de modelo causando um nó na mente de muita gente para o anticristo ser aceito sem problema é uma sutil inversão de valores.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Em 1/3 dos países do mundo é proibido evangelizar

As leis que proíbem a blasfêmia são “alarmantemente difundidas” em todo o mundo, com muitos países estabelecendo punições desproporcionais,...