sábado, 12 de fevereiro de 2011

IGRJA ISO-666

A “criatividade” evangélica me surpreende a cada dia. Sinceramente já não sei mais o que esperar daqueles que se chamam pelo nome de cristãos. Novidades são sempre bem vindas nesse meio em que o que importa é o crescimento numérico, a influência político-religiosa e o domínio territorial de onde estão inseridos. Em meio às novidades, vale de tudo... métodos de crescimento instantâneo ( no melhor estilo “miojo evangélico – em 3 minutos está pronta a refeição) dominam nossos arraiais, naquelas igrejas que buscam incessantemente “cair na graça do povo”, sem que antes experimentem a “graça de Deus”.

No meio neo-pentecostal a onda do G-12 invadiu, implodiu e explodiu várias igrejas no afã de impactarem e transformarem a vida de seus membros através de seus métodos nada ortodoxos, alguns até mesmo anti-cristãos, e conquistarem as cidades para Cristo... não o Cristo bíblico, mas o cristo rejudaizante e manipulador dos bispos-apóstolos-donos-de-igrejas-e-mentes. Igrejas pentecostais e muitas “tradicionais” aderiram ao “modelo dos 12” e embarcaram nessa canoa, que a cada dia começa a mostrar seus furos... e seus naufrágios.Não me proponho a falar do G-12 neste texto até porque muito já se foi falado.... 

Agora parece que os mais tradicionais, que não se renderam à esquizofrenia do modelo dos 12 e à alienação rejudaizante desse movimento pernicioso, estão buscando sua “santa maneira tradicional” de entrar no MERCADO evangélico de crescimento a todo custo. E aí começamos a ver em nossas igrejas os mais diferenciados métodos “ortodoxos” de crescimento de igrejas... redes ministeriais... núcleos celulares... e o mais recente, bombástico, fantástico e vitaminado de todos: UMA IGEJA COM PROPÓSITOS. 

O quê ??? Sua igreja ainda não se transformou numa filial da Saddleback ?? Sua Igreja não possui o selo de qualidade de “Igreja Sadia”, conferida pela toda poderosa organização de Rick Warren e Cia. ??? então você está por fora... sua igreja não tem porque existir... ela não tem propósitos!!!


Hoje vi em um site de uma Igreja Batista (do Estado de São Paulo) algo que me deixou estarrecido... um selo de qualidade (uma medalha estampada no final do site) “Church Health”(Igreja Saudável), conferida pelo vaticano das igrejas tradicionais, principalmente batistas, a Saddleback Church... igreja famosa no mundo inteiro por seu crescimento vertiginoso através de seu infalível método de Igreja com Propósitos. Um selo de qualidade para igrejas ??? Quem deu à Saddleback o copyright de Deus ?? Quem fez com que pastores brasileiros se rendessem ao encanto do milagre americano de crescimento a todo custo ??? Que coisa nojenta ver a igreja que se chama de Cristo correndo atrás de favores e aprovações humanas...

Foi-se o tempo em que igrejas saudáveis eram as que pregavam a Palavra... pura e simples... que louvavam a Deus sem ter que apelar ao emocionalismo barato dos movimentos rejudaizantes... que cresciam na graça de Deus e por isso caiam na graça do povo sem apelar para os métodos de qualidade total empresariais que visam o crescimento numérico apenas...

Sei que muita coisa ajuda a esse comportamento. Em retiros de pastores, ou nos grandes congressos em que eles se reúnem, quando se vê algumas rodinhas pode contar que o assunto ali é “quem tem a igreja maior?”... parecem aquelas rodas de meninos adolescentes disputando quem tem o “bilau” maior pra conquistar as meninas... pura ilusão... puro encantamento de adolescentes que ainda não sabem nada da vida... e pensam que tamanho é tudo. Pastores infantis que mentem em suas estatísticas para impressionar outros pastores mentirosos e viverem seus mundinhos de “construção de catedrais” para honrarem seus próprios nomes.

Chega dessa palhaçada em nome de Deus... assumam logo que querem ver seus nomes escritos nos anais da história evangélica... não como homens de Deus, mas como super poderosos pastores... rendam-se ao ISO 666 de qualidade total para as “igrejas saudáveis”... e abandonem de vez àquele que realmente poderia trazer saúde à igreja, se realmente fosse isso que desejam.

Querem uma igreja sadia ??? Procurem na Bíblia o “modelo”... e ele não está na igreja de Atos, como muitos querem... ele está clara e simplesmente revelado em Jesus... o cabeça dessa mesma igreja. Jesus é o modelo... e o que passa dele, realmente passa... e já não interessa exatamente porque passa... fica no passado... cai no esquecimento... Jesus não... Ele permanece... se seguirmos o seu modelo... não o dos 12 nem dos 40, mas do UM.. do ÚNICO... ah... nunca nos preocuparíamos em “colar em nossos sites” o selo de Saddleback ou do diabo que fosse... pois o mundo saberia “que Cristo é o Senhor... para glória de Deus Pai” e não para a glória desses pastores-de-si-mesmos carimbados com o ISO-666.

QUE DEUS NOS LIVRE DESSAS PRAGAS!

Um comentário:

Angelina Angel Daly disse...

Jesus! Misericórdia!
Que Deus nos guarde debaixo da sua proteção e abra os olhos de nosso pastores ...

Postagem em destaque

Em 1/3 dos países do mundo é proibido evangelizar

As leis que proíbem a blasfêmia são “alarmantemente difundidas” em todo o mundo, com muitos países estabelecendo punições desproporcionais,...